Juca de Oliveira – A Flor do Meu Bem Querer

A Flor do Meu Bem-Querer é uma comédia de costumes de Juca de Oliveira. Humana e extremamente realista, a peça retrata com sensibilidade o contraste entre o homem simples do campo e o corrompido político da capital. O jogo de intrigas e a perfeita carpintaria teatral fazem da peça um espetáculo sedutor e cativante.

Nhô Roque vive o drama da afilhada que engravida do Senador com poucas perspectivas de que o filho seja reconhecido pelo pai. A Fazenda Bem-Querer é vendida e eles têm que sair, o que é em si, uma enorme tragédia. Dos Anjos, como mulher responsável por Flor, potencializa os problemas de Nhô Roque porque o drama da afilhada a atinge com mais força.

O despejo da fazenda é a morte para ela. Flor concebeu um filho que não terá pai, se arrependeu, e sofre a discriminação de mãe solteira num mundo rural ainda conservador. O que fará com o menino sem um teto e sem qualquer trabalho para alimentá-lo?

Gosta de Jacinto, mas ele a rejeita quando o DNA revela a paternidade do Senador. Jacinto é apaixonado por Flor, mas vive o drama da aceitação. Tem medo de que a diferença de cultura entre ambos inviabilize a relação. Concebe um filho com Flor, tem a prova de que o filho é seu, mas sua insegurança o leva a vacilar e adulterar o exame de paternidade para fugir à responsabilidade.

Enfim, todos em crise, sem nenhuma razão para o riso, para a brincadeira. Todos estão amarrados às suas ansiedades e angústias. A situação é que é paradoxal e, portanto, engraçada. Quanto mais seriamente a comédia for representada, mais engraçada.

Elenco:

  • Nhô Roque: JUCA DE OLIVEIRA
  • Dos Anjos: ROSI CAMPOS
  • Senador Zé Otávio: LÉO STEFANINI
  • Chico Lima: NILTON BICUDO
  • Vanessa: JULIANA ARARIPE
  • Flor: NATALLIA RODRIGUES
  • Jacinto: DANIEL WARREN
  • Tati (locução em off): ANGELA DIPPE
Ficha Técnica
  • Texto: Juca de Oliveira
  • Direção: Léo Stefanini
  • Diretor assistente: Mauricio Guilherme
  • Cenário: Léo Stefanini, Janne Saviani e Wil Siqueira
  • Cenotécnicos: Wil Siqueira e Rafael Junqueira
  • Projeção: Luciana Ferraz e Otavio Juliano- Interface Filmes
  • Figurino: Isabella Oliveira
  • Iluminação: Cleber Eli
  • Trilha Sonora: Roberto Lazzarini
  • Fotografia: João Caldas Fº
  • Assistente de Fotografia: Andréia Machado
  • Assessoria de Imprensa: Agência Taga
  • Direção de Produção: Keila Mégda Blascke

A FLOR DO MEU BEM QUERER

Teatro Opus Frei Caneca

Shopping Frei Caneca

R. Frei Caneca, 569 – 7º Andar – Consolação – São Paulo

Dias: 27 de Maio a 11 de Junho 2022 – Sexta às 20h – Sábado e Domingo às 19h

Gênero: Comédia

Duração: 90 Minutos

Classificação: Livre

Valores: De R$ 30,00 a R$ 140,00

Vendas online: www.uhuu.com