Claudio Goldman faz show “Versão Brasileira” Passeando pelo Clássico e o Popular

O Show “Versão Brasileira”, criado pelo cantor, compositor e pianista Claudio Goldman, é um espetáculo emocionante e divertido que utiliza de maneira criativa o vasto manancial da música erudita, aproximando-a da música popular brasileira. Serão apresentações, de outubro a dezembro, em espaços culturais da Prefeitura de São Paulo. O pianista irá se apresentar com uma banda de 5 músicos com piano, contrabaixo acústico, percussões, clarinete, acordeão e sopros. Todos os eventos são gratuitos.

O músico aproveitou toda a sua experiência na música erudita e popular para realizar este trabalho, mostrando que a música não tem mistério e tornando-a acessível ao grande público.

A famosa canção “Pour Elise”, de Beethoven, transformou-se num irresistível Chorinho brasileiro;

A linda “Gymnopedie”, de Erik Satie, recebeu letra em português composta pelo cantor/compositor: palavras delicadas para uma melodia tocante;

“La Ci Darem La Mano”, da ópera “Don Giovanni”, de Mozart, renasce vigorosa e engraçada num Xote Nordestino.  

 O “Barbeiro de Sevilha” (“Largo al Factotum”) de Gioachino Rossini, e “Summertime” (da ópera “Porgy and Bess”), de George Gershwin, também marcam presença em versões inspiradas, além de “Insensatez”, de Tom Jobim, baseada no prelúdio nº 4 de Frederic Chopin.

O repertório do show foi gravado no CD “Versão Brasileira” que está disponível para venda e em streaming.

O show, que estreou oficialmente como parte da programação do Festival de Campos de Jordão, diverte e emociona a plateia. Cláudio Goldman narra histórias, passeia pelos temas com familiaridade e surpreende com sua voz raríssima: tudo permeado pelo bom gosto extremo dos arranjos também assinados pelo cantor/compositor que executa o piano ao longo do show, acompanhado por:

Ficha Técnica:

  • Cláudio Goldman – piano e voz
  • Frank Herzberg – contrabaixo acústico
  • Décio Gioielli – percussões
  • Gabriel Goldman – clarinete
  • Álvaro Couto – acordeão
  • Mário Aphonso – sopros

Sobre Claudio Goldman

Cláudio nasceu em uma família de músicos. Iniciou seus estudos de bateria e piano aos 7 anos, chegando a cursar Unesp e a Faculdade Paulista de Arte: foi aluno de Hans Joachim Koellreuter, Samuel Kerr, Régis Duprat, entre outros.

Foi indicado ao Prêmio Sharp (Prêmio Tim e agora, Prêmio da Música Brasileira) por seu primeiro CD e cantor residente no Cassino Estoril (Portugal) por oito meses.  Finalista do Prêmio Visa 2003, protagonizou vários musicais, sendo selecionado para o papel de “Monsieur Firmin” na versão brasileira do musical “O Fantasma da Ópera”.

Experimentou o reconhecimento popular nos anos 90, participando de programas de grande audiência na televisão brasileira e gravando dois álbuns.

Casado, pai de duas filhas, Claudio Goldman é cantor prolífico, exímio pianista e compositor sensível.  Apresenta-se regularmente em eventos e tem ampla presença no cenário artístico.

VERSÃO BRASILEIRA

04 de novembro, domingo, às 18h
Teatro Décio de Almeida Prado
Rua Cojuba, 45 – Itaim Bibi
Tel: (11) 3079-3438

01 de dezembro, sábado, às 19h
Casa de Cultura Tremembé
R. Maria Amália Lopes Azevedo, 190 – Tremembé

Todos os eventos são gratuitos.